O gigante acordou: internet marca mobilização popular